Marketing Digital de Resultados

A única que oferece GARANTIA DE RESULTADOS

Por que fazer mídia paga para conteúdos que não geram vendas

 

Tanto por parte dos meus clientes como de amigos, familiares e seguidores, com uma grande recorrência eu recebo esse questionamento:

Por que investir em conteúdos que não vão me gerar vendas?

Essa pergunta só acontece devido ao fato de que poucos sabem o que está por trás desses anúncios.

E qual a relação disso com o comportamento do consumidor.

Pensando nisso, escrevi este artigo para que você entenda tanto na teoria quanto na prática o que tem por trás dessa estratégia.

Leia este artigo até o fim que as próximas linhas irão te levar uma nova perspectiva sobre o tema.

Por que fazer mídia paga para conteúdos?

São dois os principais motivo para investirmos em conteúdos que não tem o objetivo de gerar venda…

O primeiro é que o Facebook, segundo uma pesquisa feita pela social ogilvy, entrega menos de 2% dos conteúdos de forma orgânica.

Isso significa que, se uma página tem 100 mil seguidores, apenas 2 mil pessoas vão visualizar o conteúdo que ela postar.

Esse primeiro motivo nos leva ao segundo.

Que é a inviabilidade de se criar conteúdos para ter poucas visualizações.

Salvo raras exceções, não vale a pena investir em uma equipe para criar conteúdos e ter poucas pessoas impactadas com suas publicações.

Pensa bem…

Você vai gastar horas criando conteúdos.

Sua equipe terá que se dedicar massivamente para garantir a qualidade deles.

E tudo isso para que, ao divulgá-los, os algoritmos limitem o seu alcance e você não chegue as pessoas que deseja.

Será que vale a pena?

Eu acredito que não, por isso defendo que se invista em mídia paga para todos os conteúdos publicados em suas páginas ou perfil nas mídias digitais.

Remarketing: A monetização dos conteúdos 

Todos os conteúdos que você anunciou tem como objetivo final o remarketing, que é o que você deve usar para transformar pessoas engajadas em leads e compradores.

Talvez você já saiba o que é remarketing, talvez não.

De qualquer forma, acredito que seja importante para você entender os próximos parágrafos.

Remarketing é uma ferramenta que foi criada pelo Google Ads para que os seus anúncios possam “seguir” as pessoas que em algum momento se interessaram pelo que você oferece.

Ou seja, se você sempre consumir os conteúdos de uma marca ela pode fazer anúncios e direcioná-los para você.

E é exatamente essa a estratégia que você precisa entender agora.

Você anuncia seus conteúdo, gera um público de pessoas interessada e depois anuncia o seu produto para elas.

Entendi, mas quais são as vantagens do remarketing?

São muitos os benefícios que poderia citar, mas para não me estender muito, separei apenas esses três:

  • Público engajado:
    Na hora de anunciar o seu produto ou serviço, as pessoas já conhecem sua marca.
  • Maior probabilidade de compra:
    Historicamente os consumidores estão mais propensos a comprar quando já conhecem a marca.
  • Públicos personalizados:
    Você pode criar o seu próprio público e sempre direcionar os seus anúncios para eles.
  • Precificação do lead:
    Os anúncios de remarketing geram leads mais baratos do que os anúncios tradicionais.

Acredito isso já seja o suficiente para você adotar essa estratégia.

Se em algum momento você ver um anúncio que não é de venda, clicar e interagir com ele.

Repare se depois de algum tempo aquela mesma marca exibirá outros anúncios para você.

E quando isso acontecer, você vivenciou o remarketing na prática.

Deve ficar claro que a partir do momento em que você anuncia sem o objetivo de venda, está gerando um público de pessoas que se interessam e estão mais propensas a comprar de você.

É importante focar em gerar valor na vida delas, explique assuntos relevantes para seu público e entregue o seu melhor.

Por que usar o remarketing?

O remarketing é uma mídia barata, geralmente o seu CPL (custo por lead) e o CPC (custo por clique) possuem custos inferiores quando comparado a outras formas de anúncios.

Além disso é um formato versátil e pode ser usado tanto no Facebook quanto no Google.

E o remarketing no Facebook não se limita apenas as pessoas que viram seus conteúdos.

É possível anunciar para aquelas que tiveram interações mais básicas.

Como, por exemplo, as pessoas que curtem a sua página no Facebook ou te seguem no Instagram.

Um exemplo prático da minha tese:

João, nosso hipotético empreendedor, possui uma loja de móveis e sempre anuncia dicas para as pessoas manter a casa bem decorada…

Depois de algum tempo fazendo isso, joão anuncio um sofá apenas para as pessoas que assistiram no mínimo 75% dos seus vídeos.

Como já dito, pessoas tendem a comprar com mais facilidade quando conhecem uma marca.

Logo, João conseguiu vender 10 sofás para as pessoas que consumiam as suas dicas.

Como saber quem está consumindo meus conteúdos?

As próprias plataformas de anúncio, como o Facebook e o Google, disponibilizam isso para você.

Se você já leu nosso post sobre como criar público semelhante no Facebook Ads, vai ficar muito mais fácil criar públicos personalizados (opção de remarketing no Facebook).

Já no Google é preciso adicionar uma tag ao seu site ou a alguma página específica.

Assim as pessoas que acessarem aquela pagina ou site, ficaram marcadas com a tag e você pode direcionar o seu anúncio para elas.

Não vou me aprofundar tecnicamente nesse assunto.

Mas basicamente é só você criar o seu anúncio e direcionar para o público criado no Google ou Facebook.

Dica extra: Não foque na perfeição dos seus conteúdos.

“Feito é melhor do que perfeito.”

Não sei se você já ouviu esta frase, mas ela é quase um mantra no universo do marketing digital.

E eu sempre estou dizendo para meus colaboradores e parceiros que, no meio digital, não sobrevive aquele que é perfeccionista.

O que eu quero te passar com isso é:

Faça seus conteúdos independente da qualidade que pode oferecer hoje, foque na evolução que poderá ter quando publicar.

Divulga seus artigos e vídeos para a reação do público te ensinar o melhor caminho que você deve seguir.

Conclusão

Basicamente a mensagem de hoje é que o remarketing é uma ferramenta muito importante para a sua estratégia, e alinhada a conteúdos de qualidade os resultados podem te surpreender.

Só pra você entender, eu já cheguei a pagar centavos por leads do remarketing.

Essa estratégia pode desenvolver bastante a qualidade do seu lead e o seu ROI (retorno sobre investimento) ao final das campanhas de marketing digital.

Espero que tenha gostado do conteúdo, compartilhe este artigo com algum amigo que também possa se beneficiar com essa mensagem.

Autor

Diego Reis unic digital

Diego Reis

Ouça esse conteúdo também em podcast (Spotify | iTunes | SoundCloud)

Share Button

Unic Digital 2018 | Todos os direitos reservados