Marketing Digital de Resultados

A única que oferece GARANTIA DE RESULTADOS

Use a sua marca pessoal para faturar mais

Quando falamos sobre esse assunto, seja você o próprio dono da empresa ou um digital influencer, precisamos entender que isso passa por alguns processos.

Nesse post quero esclarecer para você, desde o primeiro até o último processo, para que sua marca pessoal tenha sucesso na internet.

Use sua marca pessoal para faturar mais - marketing digital - Venda direta

Não se preocupe com o que os outros irão falar

O primeiro passo, antes mesmo de produzir os seus conteúdos, é perder o medo de postar, sem se preocupar com o que as outras pessoas vão falar.

Poderão surgir várias críticas, mas entenda que isso é parte do processo. É normal que os primeiros conteúdos produzidos sejam de baixa ou média qualidade.

Leva um tempo até você entender a sua necessidade e a necessidade de quem te acompanha. Você vai melhorando seus vídeos a cada postagem, de acordo com os feedbacks da sua audiência.

Só a prática te leva para o caminho certo  

O mais importante é entender que para conseguir gravar bons vídeos, você precisa obrigatoriamente gravar e postar, para receber o feedback do seu público, e use isso para seu crescimento.

Comece gravando vários vídeos, e poste regularmente. Pesquise bastante sobre os assuntos para poder falar com propriedade e tente não desviar os olhos da câmera, para dar a impressão que você está falando direto com seu público.

 Hoje a sua marca pessoal não tem fronteiras

Marca pessoal - Marketing direcionado para vendas

A vontade de evoluir é o segundo passo para que você construa uma marca pessoal relacionada ao seu negócio. É preciso viver a cultura de criação de conteúdo: qualquer assunto pertinente à sua empresa vira um material para postagem.

Após a ascensão dos smartphones, você que deseja criar conteúdos não tem mais nenhuma fronteira, através do seu próprio celular você consegue criar um conteúdo que pode alavancar absurdamente o seu negócio. Mas para que isso funcione é preciso vontade de agregar valor a vida de outras pessoas.

Além disso, a sua produção de conteúdo é basicamente com custo zero. A gravação pode ser feita pela câmera do celular, não precisa de grandes edições. O texto você mesmo escreve e já faz a postagem, pelo próprio celular.

Postar conteúdo não é vender

O terceiro passo é entender que o conteúdo que você vai produzir não é venda. Não precisa ficar ofertando o seu produto ou serviço para a sua audiência toda hora.

Então, se você tem uma loja de sapato, por exemplo, não fique falando somente sobre as vendas dos seus sapatos. Isso incomoda as pessoas e acaba não as engajando tanto como você poderia engajar.

Sempre terá alguém querendo comprar sapatos. Mas porque os seus? Produza conteúdos relacionados à moda, busque referências, informe ao seu público os seus diferenciais. Pode apostar que o número de envolvimento com suas postagens vai sem bem maior.

Crie uma comunidade sobre a sua marca

Com isso, você vai criar uma legião de pessoas, que podemos chamar tecnicamente de comunidade, em torno do seu negócio. E tudo isso porque em algum momento você perdeu o medo. Lembre-se: o medo vai fazer você faturar menos no seu negócio, além de fazer você perder o tempo de produção de conteúdo online.

Ao mesmo tempo que você está aí com medo, preocupado com a opinião de alguém, esperando você ficar muito bom em gravar vídeos e escrever um texto perfeito sem nenhum erro de concordância, já existem milhares de pessoas fazendo, mesmo de maneira imperfeita, faturando alto com isso.

E lembrando que o “faturar com isso” não quer dizer que você vai postar todos os dias algo relacionado a venda, pois venda é a consequência desse processo.

Você tem que postar conteúdos, entregar valor para as pessoas, pois quando elas precisarem de alguém produto que você oferece, a primeira marca que elas vão lembrar é da sua

Vale ressaltar também que geralmente quem mais te critica, que fala mal de você, que diz que você manda mal nos vídeos, que fala que o seu texto está com erro de concordância, essas são as pessoas que mais tem vontade de fazer conteúdos e as que mais tem medo.

Conclusão

Bom, o recado de hoje é basicamente esse: Perca o seu medo! Coloque a cara na frete da câmera, entenda que não vai ser tão bom assim de primeira, mas de acordo com o tempo você vai evoluindo e vai ficando muito bom e isso traz um resultado extraordinário.

Vale ressaltar mais uma vez: O conteúdo não é venda. Lembre-se sempre de não vender todos os dias o seu produto. Você precisa criar uma sinergia com as pessoas, um relacionamento para que você faça a venda no momento certo.

Espero que eu tenha agregado valor para você hoje. Se isso fez sentido para você, me manda uma mensagem no direct do Instagram que estou sempre respondendo as pessoas que interagem comigo por lá.

Autor

Diego Reis unic digital

Diego Reis

Share Button

Unic Digital 2018 | Todos os direitos reservados